terça-feira, 18 de agosto de 2009

Pedro Alonso López


Pedro Alonso López é um assassino confesso(serial killer) da Colômbia, acusado de ter matado mais de 300 pessoas. Os crimes de López começaram a ganhar atenção internacional a partir de uma entrevista conduzida por Ron Laytner, um foto-jornalista de longa carreira que conheceu Lopez em sua cela na Prisão de Ambato em 1980. De acordo com Laytner, Lopez ficou conhecido como o "Monstro dos Andes" em 1980 quando ele levou a polícia aos túmulos de 53 de suas vítimas, no Equador, todas as meninas entre nove e doze anos de idade. Depois, em 1983 ele foi declarado culpado de assassinar 110 jovens no Equador e confessou ter efetuado mais de 240 assassinatos de meninas dadas por desaparecidas no Peru e na Colômbia. O mais mortal serial killer dos arquivos policiais, conhecido como Monstro dos Andes, agiu em 3 países. Nasceu na Colômbia, filho de mãe prostituta que o expulsou de casa aos 9 anos de idade por ele ter molestado sua irmã mais nova. Para piorar as coisas, foi adotado por um pedófilo e sodomizado à força. Aos 18 anos, foi espancado e estuprado na prisão por uma gangue e se vingou matando 4 de seus agressores. Ao ser solto, começou matando meninas com frieza e impunidade. Em 1978, já havia assassinado mais de 100 meninas no Peru. Mudou-se para a Colômbia e Equador, onde matava em média de 3 vezes por semana. Ele gostava mais de matar meninas equatorianas, pois segundo ele, eram mais gentis e confiáveis, mais inocentes. A polícia atribuiu o grande número de desaparecimentos de meninas às atividades de escravização e prostituição na área. Em 1980, um dilúvio de sangue revelou a primeira de suas vítimas. Quando foi preso, contou aos investigadores as assustadoras histórias de sua trilha de morte. No início, as autoridades não acreditavam nos relatos de Lopes, mas todas as dúvidas desapareceram quando ele mostrou o local onde estavam enterrados mais de 50 corpos. Acredita-se que Lopes pode ter cometido mais de 300 assassinatos.

Biografia Parte 1 Parte 2 Parte 3 Parte 4 Parte 5

O filme "Crónicas" baseia-se nesses acontecimentos.

2 comentários:

  1. Pedro Alonso Lopez , por numero de vitimas e por serem crianças, deveria ser considerado pela midia o mais famoso e cruel serial killer da historia , curiosamente nao é , porque? O que faltou nele?, carisma? uma áura de misterio? . Existem seriais muito mais famosos , embora tenham com numeros de vitimas muito menor, por exemplo :Ted Bund,Manson J.Dhamer, etc, Porque isso aconteçe? sera que nossas mentes nao conseguem açeitar o facto que existe alguem capaz de matar 300 crianças? Gostaria de saber mais coisas sobre ele , se ainda esta preso , o que ele alegou em sua defesa, se ainda vive . Um abraço a todos voçes .

    ResponderExcluir
  2. Serial-Killers – O Monstro dos Andes

    Equador, março de 1980.

    A polícia da Província de Ambato é chamada para prender um homem que havia sido detido por populares em uma feira da cidade. Aparentemente o homem havia se insinuado para a filha de uma das vendedoras da feira.

    O nome do homem era Pedro Alonso López. Os investigadores tentam interrogar o homem que se recusa a falar.

    O investigador encarregado do caso, Pastor Córdoba, tenta então, através de métodos científicos de interrogação, ganhar a confiança do suspeito. Em poucas horas, Pedro Alonso López começaria a contar suas histórias de horror, que fariam os próprios investigadores a duvidar.

    Post completo em:

    http://grupogingagoias.com.br/oaprendizverde/?p=678

    ResponderExcluir

<